Abrindo o Jogo Entrevista: Mauro Holzmann

Mais uma da série Abrindo o Jogo Entrevista, desta vez com o diretor de comunicação e marketing do Atlético, Mauro Holzmann.

Em um bate-papo franco, Holzmann criticou a postura da cidade quanto à Copa 2014, detalhou alguns projetos do Atlético, afirmou que o clube ainda tenta mandar jogos em Curitiba na Série B nacional e falou sobre os “tuitaços” de Mário Celso Petraglia: “O presidente é emocional, é um fanático como muitos outros.”

Assista e comente!

Outras Entrevistas da Série:

Vilson Ribeiro de Andrade (Coritiba) – Clique para ver

Vladimir Carvalho (Paraná) – Clique para ver

 

18 comentários sobre “Abrindo o Jogo Entrevista: Mauro Holzmann

  1. Tudo perfeito, e muito bonito, porem precisa fazer uma analise profunda no Futebol, como estão sendo feito as contratações? ex contratar um jogador como Fernandão que por muitas vezes nem no banco do Palmeiras ficava! Rafael Schimdt?manter jogador como Renan Foguinho o qual ja teve varias oportunidades. sera que o mesmo podera apresentar algo ainda de diferente em seu futebol? Alan Bahia? e por ultimo Paulo Baier, aqui precisamos entender se queremos ser competitivos ou nao. pergunto ele jogaria em qual time, no Inter? Santos? coritnhias? nao jogaria, enfim precisamos pensar alto e recuperar o FUTEBOL do nosso Atletico, onde estão os olheiros? para se contratar jogador barato e que de resultados? como ganhamos o titulo nacional? eu vou dar a resposta com jogadores jovens que queriam vencer no futebol- porque caimos? Cleber Santana, Kleberson, o que ainda pretendiam com o Futebol sera a seleção? a saida e analisar profundamente o fUTEBOL.

    Curtir

  2. “Essa história de dinheiro público é uma falácia!!” como alguém pode mentir com tanta naturalidade e nem ficar vermelho??
    O Potencial construtivo é sim dinheiro público!! tanto é que a prefeitura está usando este mesmo PC para a construção da linha verde. Agora além de ganhar $$ da prefeitura o atlético ainda concorre com a mesma na venda dos PCs no mercado!! outro ponto destacado pelo falaciano, o atlético não tinha este direito por lei como ele diz na entrevista, a maior prova disto é o método do cálculo da distribuição destes PCs, 2/3 do custo total da obra, a verdade é que a lei foi criada para beneficiar o clube. Tem ainda as desapropriações lembradas por você napoleão, esta história do “depois se paga” é vergonhosa, o MP deveria pegar esta entrevista e denunciar o prefeito por improbidade administrativa baseado nela. Esta brincadeira de construir estádio para copa é vergonhosa, o pior é que todo mundo faz de conta que não vê em nome de um suposto benefício por causa da Copa do Mundo.

    ****

    Por fim Napoleão, certa vez você chegou a afirmar que potencial construtivo não é recurso público. O que você pensaria se o prefeito distribuísse 120 milhões em cotas de PC para parentes e estes vendessem estes mesmo PCs no mercado e arrecadassem R$120 milhões ou mais?? segundo a lógica de que não há recurso público, não há nada de imoral nisto.

    Curtir

    1. Daniel,

      Eu faço as perguntas, o entrevistado responde o que acredita que deve.

      A título de informação, a questão do Potencial Construtivo funciona da seguinte forma: a Prefeitura concede a determinada área um valor em PC, sob a justificativa de que tal área é de interesse público (no caso, um estádio para a Copa, que é um evento da cidade, embora a lei preveja benefícios aos demais clubes esportivos de Curitiba); esse valor é aplicado em papéis que podem ser revendidos no mercado imobiliário para que uma construtora, por exemplo, possa “driblar” a Lei do Zoneamento Urbano e ampliar a obra naquela área. Em entrevista com o então presidente do Sinduscon-PR, Sérgio Buerger, foi me dito que o PC é um benefício extra para a cidade, pois se torna o que chamam de “solo criado”: gera incremento no IPTU da região, sem que o Estado/Governo ceda um centavo sequer, além de viabilizar obras como a Linha Verde. Aqui está o link da Gazeta do Povo: http://www.gazetadopovo.com.br/copadomundo2010/conteudo.phtml?tl=1&id=1023830&tit=Potencial-construtivo

      Sobre sua pergunta: a concessão do Potencial Construtivo é legal e, a meu ver, dado o interesse do Estado no evento, moral. Como sempre, questiono a necessidade de termos uma Copa no Brasil; mas o evento está aqui e Curitiba não o trata como deve, explorando espaços comerciais, mobilizando a população. Essa semana estarei apresentando um evento do CCVB sobre como o Turismo local pode ganhar com a Copa. A partir disso, trarei outras informações.

      Além disso, no que urge à fiscalização, faço um dos papéis mais combativos. Cobrando, por exemplo, transparência nas desapropriações (algo ainda nublado em valores) e na contrapartida do uso do terreno. Mas na questão do PC creio estar tudo legal e moral. Diferente de uma atribuição a qualquer outro solo, qualquer outra área, num suposto uso de parentesco de políticos. Essa é a leitura que cada um deve fazer: o que é legal e o que é moral. E qual a real necessidade. Despido de clubismo ou interesse financeiro – pelo menos esse é o meu caso.

      Curtir

  3. Dinheiro publico ? E a divida do Coritiba em mais de 100 milhoes aos cofres publicos ( pagamento de impostos) ? Não é dinheiro publico ? E como vai pagar ? não vai ser com um parcelamento a perder de vista com este financiamento subsidiado pelo governo ? Quer dizer quem vai pagar é o povo. Qual a divida do Atletico ? pouco mais de 15 milhoes… É de uma pobreza absurda falar , criticar e bater numa tecla que o Atletico esta sendo beneficiado e construindo estadio com dinheiro publico sem ver , analisar a divida absurda do coxa com impostos.

    Curtir

  4. A questão da desapropriação é uma das mais graves. Como dizer que não é ilegal? Pior: o poder público vem passando o rolo compressor e tirando as famílias de lá a preço de banana e dar de mão beijada ao CAP sob o pretexto de que o CAP vai “devolver” à Prefeitura em outras áreas. Isso é sério: 1º que não pode haver desapropriação em benefício privado. 2° Valores pagos muito abaixo da valor de mercado. Segundo entrevista do advogado dos moradores, estão pagando EM MÉDIA R$ 1500,00 o metro quadrado sendo que segundo o Sinduscon o valor médio aqui em Curitiba é em torno de R$ 5000,00. Negócio da China, não?

    Curtir

  5. Mais adesões do que desistências? Desculpe, sou sócio mas acho que o tratamento dado nos últimos meses é o pior possível. Outro dia falaram que o dinheiro dos sócios não pagava as despesas do clube, agora o sócio é o salvador da pátria! O que mais me revolta é que estão dificultando o desligamento do sócio. Pra conseguir só indo ao espaço sócio furacão no horário comercial de 2a a 6a, mas pra virar sócio é só entrar no site e seguir alguns passos. Vão tirar dinheiro de outro!

    Curtir

  6. “Me engana que eu gosto” RSrsrsrsrs

    “O potencial construtivo é dinheiro público ou não?”

    Quando o Napoleão Almeida diz ali na sua explicação que “…foi me dito que o PC é um benefício extra para a cidade…” Entenda-se: Maneira encontrada para DRIBLAR A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL. Algo que mais cedo ou mais tarde, alguém achará um jeito de COBRAR o Atlético na justiça. (aguardem…)

    O recurso é extra orçamentário. MAS É CONCEDIDO POR ENTE PÚBLICO. Dizer que não vem desse meio É TAPEAÇÃO. Não adianta essa EMBROMAÇÃO de “eu pego (CAP/SA), você garante (FDE), e o BNDES paga a obra. ISSO É UMA TAPEAÇÃO! E TODO MUNDO SABE.

    As explicações sobre o funcionamento do tal potencial construtivo é grande e cheia de contornos. Mas da pra resumir de uma maneira fácil de ser entendida por qualquer cidadão comum que não tem PHD em Matemática (muito embora não há vontade política para tal, inclusive por alguns da IMPRENSA). É como uma máquina de xerox colorido… Você usa uma dessas em casa pra reproduzir dinheiro e será preso! A prefeitura pode usar tranquilamente e chama-la de “Potencial Construtivo” que ta tudo certo.

    Sigamos.

    Curtir

  7. É uma vergonha a cara de pau. Mentiras e mais mentiras.
    O entrevistado esteve envolvido em grandes esquemas de comissões imorais.
    Presidente torcedor? Foi ao cimena durante o jogo contra o CRB!
    Uma vergonha.

    Curtir

  8. “Os cães ladram,mas a caravana não para”.O CAP está resolvendo seu problema do estádio,mesmo tendo que sacrificar momentaneamente o futebol para isso.O Atlético PR tem conquistas nacionais recentes,e tem o fôlego necessário para priorizar o investimento na área patrimonial.Já os coxas preferem destilar seu veneno contra tudo e contra todos envolvido na Copa do mundo em 2014 em nossa cidade,enquanto o Couto Pereira ,arcaico e obsoleto,caminha a passos largos para o fim de sua vida útil,a nossa “Fonte Nova Paranaense “.

    Curtir

  9. Napoleão,

    que fique bem claro que fiz uma crítica ao entrevistado e não a você. Concordo com o que você disse, você só fez as perguntas, ele é que respondeu os absurdos que ouvimos.

    Agora apenas para ficar bem claro, PC é sim $$ público!! Potencial construtivo é público e tem valor. Portanto a discussão não é se tem verba pública ou não, a discussão é se é moral ou não. Você considera que sim eu que não. Posso aceitar opiniões diferentes do que a minha, mas fico puto cada vez que tentam dizer que uma coisa não é o que é apenas para parecer um pouco mais moral.

    Então dando as coisas o seu devido nome:

    Em 2007 o atlético anunciava que teria seu estádio pronto para o copa sem a necessidade de recurso público.
    Os nossos governantes anunciam a baixada como estádio da COPA, dizendo que é uma opção sem custo nenhum para acidade com estádio.
    Sendo justo de lá pra cá as exigencias da FIFA aumentaram(mas nem tanto quanto querem nos fazer crer alguns).
    Dirigentes atléticanos começão a choramingar que não é sua obrigação terminar o estádio.
    Começa a circular pela mídia a ideia de se dividir o custo da obra
    Um acordo espúrio divide o custo da obra em três, entre governo prefeitura e CAP.
    Após o tal acordo a prefeitura decide que a única brecha legal para se injetar recurso público em uma obra privada é através dos tirúlos de potencial construtivo.

    A margem de tudo isto ocorrem as desapropriações, que embora tão escandalosa quanto a primeira, consistem em um valor bem menor, e em sendo conduzidas de maneira obscura.

    no frigir dos ovos a conta é: O atlético vai dizer que vai gastar uns 250 milhões com o estádio (as contas nunca serão abertas para fiscalização e nunca saberemos o valor exato), deste total não vai desembolsar nem um terço… se isso não é financiamento público de obra privada por favor alguém me explique o que é!!

    Por fim achei meio antipática a sua ultima sentença “Despido de clubismo ou interesse financeiro”… quer dizer que quem crítica a imoralidade na gestão pública o faz somente por clubismo ou interesse financeiro??

    Curtir

    1. Daniel,

      Perdão se pareci antipático, vai contra tudo o que prego nesse blog. Apenas quis manter a discussão no campo técnico, pois basta ver vários outros comentários para perceber que invariavelmente a discussão tem por base as cores de cada um. Ressaltei que não é o meu caso, apenas isso.

      Curtir

  10. Aham.. Só nos comentários dos leitores é que vemos as cores de cada clube.

    Tá bom.

    “O pior cego é aquele que não quer enxergar” Ditado Popular.

    Curtir

    1. Não me meça com a sua régua, Aldo.

      O espaço aqui é democrático, sempre foi e sempre será. Eu lamento muito que toda discussão caminhe pro clubismo. Sempre.

      Tá no preço da profissão, mas enche o saco. É o típico pensamento medíocre que deixa transparecer a síndrome de vira-latas que temos no Paraná. Discordar, debatar, contrapor, tudo faz parte, é pra crescimento e é necessário. Atribuir, de qualquer lado, o que eu trago aqui à uma suposta preferência que alguns acham que eu possa ter, é colocar um valor seu em cima dos meus. Aí não.

      Ou por um acaso, na área de atuação em que você milita, atende mal alguém que por ventura não tem as mesmas preferências que você? Pior: julga caráter por escolha de time? Pior ainda: supõe qual é a preferência da pessoa e já joga um caminhão de preconceitos em cima dela?

      Sinceramente, e isso é pra todos, é preciso evoluir. Crescer e parar de ver o mundo em A, P ou C. Temos mais cores, mais alternativas, temos que evoluir.

      E eu tenho mais o que fazer do que defender clube. Opino e escrevo o que penso. Sou livre pra isso e por isso criei esse espaço.

      Abraços.

      Curtir

  11. Napoleão, fique a vontade pra me medir com a régua que você quiser, eu não estou preocupado com isso.

    Cadê a minha paixão clubística no texto que eu escrevi?

    Me mostre.

    Você quis me citar pra exemplo? Pegou o cara errado! Tenho time, não me escondo. Isso é problema? Isso é ser autofágico?

    A Baixada é uma obra PÚBLICA em um PARTICULAR. Isso independe do que eu ou você achamos. É o que é.

    Aponte onde é que ta a minha paixão clubística nessa história da baixada, no comentário 9. Qual foi a mentira que eu contei… me aponte UM exagero que eu cometi.

    TO A DISPOSIÇÃO PRA APRENDER, mas me mostre.

    A 3, 4 postagens atrás fui escarneado pela turma petraglista nesse espaço quando critiquei o uso das mídias sociais pelo Ilustre Presidente. Ninguém veio falar de paixão clubística comigo na ocasião.

    O erro aqui é justamente a não manifestação prática do clubismo guiada pela conveniência, ISSO SIM!

    Quanto ao que você acha ou deixa de achar da minha pessoa. Direito seu, não me preocupo com isso. E ambos não nos conhecemos, você é livre pra fazer a imagem que você quiser.

    Curtir

    1. Aldo,

      Aí é que está: eu não te atribui time nenhum. Nem vetei comentários, nem disse se concordo ou discordo do que vc escreveu.

      Foi vc quem insinuou o que é o lugar-comum em qualquer discussão imprensa-torcida: “Se tem outro ponto de vista, é pq torce pra outro time”.

      Simples assim.

      Abraços e, com educação (vc pode ter sido ríspido e até injusto, mas não mal-educado), seja sempre bem-vindo a esse espaço.

      Curtir

  12. Ao inves de buscar patrocinio de AEG para encher os bolsos do seu Petraglia o atletico tem que montar um time descente!!!

    Curtir

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s