Os palcos da próxima Copa

Agora é 2018. E o “Imagina na Copa” vai dar lugar ao “Представьте себе чемпионат мира”. É a vez dos russos se preocuparem com estádios e todo o resto que o brasileiro tanto debateu nos últimos anos. Assim sendo, o blog “visitou” as 12 cidades-sede do Mundial da Rússia para ver atualmente como estão os estádios. O passeio foi pelo Google Earth, realizado em 15/07/2014. Algumas imagens podem estar defasadas. Confira:

Palco da abertura e do encerramento da Copa 2018, o Estádio Luzhniki é um dos poucos a estarem 100% prontos para a Copa. Ok, tem quatro anos ainda, estão na frente nesse.

A nova casa do Zenit, de Hulk, ainda está em obras. Será a Arena Zenit.

O velho estádio de Rostov ainda está em pé. No destaque, a vista aérea. Maior, a fachada atual, que já tem um poster do projeto à disposição dos visitantes – mesmo aqueles via internet.

O complexo esportivo de Sochi está praticamente pronto desde a Olimpíada de Inverno sediada pela cidade. Mas o Estádio Olímpico ainda passa por algumas reformas.

O estádio de Samara ainda não começou as obras. No detalhe, o projeto; na foto maior, a casa do Krylya Sovetov.

As obras em Kazan estão em bom ritmo. Acima, a Arena Kazan, futura casa do Rubin.

Novgorod é outra cidade-sede que ainda não começou as obras. No detalhe de baixo, a atual fachada do estádio; acima, a do projeto.

Kaliningrado ainda não começou a transformar o Estádio Baltika, acima, na nova Arena Baltika.

Em Saransk, o antigo estádio Start já começou a ser mexido para se tornar o Estádio Yubileyniy (leia rápido e em voz alta, por favor).

O Central Stadium já começou a ser mexido em Volgogrado, mas as obras ainda estão lentas.

O Estádio Central, em Ecaterimburgo, que começa a ser mexido para a Copa; em destaque, a fachada atual.

O Campeonato Russo será atração no Terra nesse segundo semestre. Acompanhe a evolução dos palcos para 2018 AO VIVO e GRÁTIS com a gente aqui no site!

 

Anúncios