Os nomes de times mais esquisitos da Liga Europa

Lyon e Tottenham se enfrentam na Liga 2012/13: nada é o que parece

A fase de grupos da Liga Europa vai começar! E o Terra irá transmitir todos os jogos até a decisão, a partir desta quinta-feira. Portanto, é hora de conhecer os clubes que formam essa charmosa competição, que abriga grandes clubes ao mesmo tempo em que dá espaço para equipes de menor porte. Na edição 2012/13, o Chelsea bateu o Benfica na final e comemorou o título. Nesta temporada, enquanto aguardam os clubes que saem da Liga dos Campeões para a disputa da outra competição continental européia, será possível se divertir e se surpreender com alguns clubes de toda a Europa. 

Apresento então alguns nomes que você nunca imaginou que seriam de times de futebol.

Olympique Lyonnais

Nada demais: são apenas os olímpicos lioninos, gentílico de quem nasce em Lyon, na França. Na verdade, o que chama mais a atenção aqui é o fato de quem pouca gente chama o clube pelo nome correto, optando mais pelo nome da cidade, Lyon. Seria o mesmo que chamar o Atlético Mineiro apenas de “Minas” ou “Atlético Minas”.

Tottenham Hotspur

Os Esporas Quentes da Fazenda do velho Tota é um clube voltado para a literatura – pelo menos é o que conta a etimologia. Fundado em 1882 originalmente Hotspur (Espora Quente) FC, em virtude do personagem de Shakespeare Harry Hotspur, incorporou o nome do bairro Tottenham para diferenciar-se de outro Spurs. O bairro, por sua vez, ganhou o nome por constar no Doomsday Book do Rei Guilherme I – uma espécie de censo britânico de 1000 D.C. – como uma região rural cujo dono chamava-se Tota.

Bordeaux

Ou, para os patrícios portugueses, Bordéus, o que nos induz a uma pequena confusão com “bordel” ou, no popular, zona, prostíbulo. Na verdade, a cidade de Bordeaux tem origem numa fundição de ferro, Bordigala em aquitano, lingua do século III A.C. O clube, a exemplo do Lyon, tem outro nome – usado até no site oficial: Girondins (Girrondã), que seria algo como “ginastas”. Assim, o Bordeaux é, na verdade, o Clube dos Ginastas da Fundição de Ferro. Graça e força em um nome só.

Swansea City 

Esse é fácil e o escudinho ajuda: Associados da Cidade do Cisne do Mar Futebol Clube. Swansea é uma cidade portuária no País de Gales, no Reino Unido. Disputa a Liga Inglesa assim como outros 5 clubes galeses, uma vez que a Liga do País de Gales só foi fundada em 1992. As ligas são integradas somente na FA Cup, a Copa da Football Association, a CBF do Reino Unido. Gales tem sua própria seleção de futebol, mas se une ao Reino Unido nas Olimpíadas.

PAOK

Clube Atlético dos Cidadãos de Tesalonica retirados de Constantinopla. Isso é o PAOK, que faz menção à expulsão dos gregos residentes na hoje chamada Istambul, na Turquia, já no século 20, quando da queda definitiva do Império Bizantino. A expulsão dos gregos aconteceu em 1920 e o clube foi fundado em Tesalonica, 2a maior cidade grega, em 1926, apenas seis anos depois.

Dnipro Dnipropetrovsk

O rio Dnieper ou Dnipro

Dnipro, ou Dniepre, é um rio que cruza a Rússia, a Bielorussia e a Ucrânia, país sede do clube e da fábrica de metalurgia Petrovsky, cujos operários formaram em 1918 um time de futebol. Petrovsk faz menção a Piotr ou Pedro, em russo e ucrâniano. Logo, o FC Dnipro é na verdade o Clube de Futebol dos Operários da Metalurgica Pedro do Rio Diniepre.

Trabzonspor

Mais um fácil de desvendar: “Spor” é Esporte e Trabzon, o nome da cidade. Completando com o Kulubu, temos o Trabzon Esporte Clube. Foi território grego e pertencente ao Império de Trebizonda.

Maccabi Haifa / Maccabi Tel-Aviv

Maccabi, em Hebraico, quer dizer coragem ou vitória. Haifa e Tel-Aviv são cidades de Israel. Logo, temos aqui os xarás do baiano Vitória. Ambos são FC, ao contrário do EC do brasileiro.

Sheriff Tiraspol

Outro caso em que o nome da cidade ganha mais evidência que o do clube. Tal qual o América Mineiro – que é na verdade América Futebol Clube – o Sheriff se chama FC Sheriff. Fundado em 1997, seu nome faz referência ao primeiro patrocinador, uma companhia de segurança da Moldávia, país que compunha a antiga URSS.

Chornomorets Odessa

Odessa é o nome da cidade ucraniana que abriga o clube, próxima de um lago que secou e abrigou por muitos anos um grande vale. Nele, atletas amadores jogavam futebol e ficaram conhecidos como os “Homens do Mar Negro” – ou Chornomorets, em ucraniano. Logo, temos aqui o FC Homens do Mar Negro de Odessa.

Ludogorets Razgrad

Sediado em Razgrad, na Bulgária, o Ludogorets Clube de Futebol Profissional faz menção à região de Ludogorie, conhecida por ser uma região de floresta selvagem. O nome, Ludogorets, significa Floresta Louca. Pela imagem, não dá pra discordar.

Shakhter Karagandy

O time do Cazaquistão ganhou notoriedade ao sacrificar um carneiro em oferenda à possibilidade de eliminar o Celtic na fase de play-offs da Liga dos Campeões. Não deu – pobre carneiro. O nome, assim como o quase xará de Donetsk, da Ucrânia (questão de sotaque) signifca Mineiro. Temos então o Futebol Clube Mineiros de Karagandy, cidade de 500 mil habitantes no país que também era parte da URSS.

 [video_terratv id=”485536″ width=”512″ height=”288″] 

Siga Napoleão de Almeida no Twitter: @napoalmeida
Gostou do blog? Curta a FanPage no Facebook!

Anúncios