“República Argentina” já divide elenco do Palmeiras

O Palmeiras pode ter sérios problemas para administrar a continuidade do técnico argentino Ricardo Gareca na temporada 2014. De acordo com um relato de uma fonte ligada ao clube paulista, a razão do técnico não conceder entrevista após a derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG em Belo Horizonte foi uma ríspida e intensa discussão com o meia Wesley, ainda nos vestiários do Estádio Independência. Wesley teria cobrado duramente o treinador e demonstrado profunda irritação com a crescente colônia estrangeira no Palmeiras, contando com o apoio de Felipe Menezes. Um dos jogadores citados na discussão foi Leandro, preterido por Gareca nos últimos jogos.

O capitão Lúcio teria tomado o partido do treinador para apaziguar a situação e o elenco mostrou sinais de divisão. Gareca decidiu então não ir à entrevista coletiva. Nesta terça o Palmeiras anunciou mais um argentino, o atacante Cristaldo.

O Palmeiras está há 8 jogos sem vitória no Brasileirão, com 6 derrotas e 2 empates no período. Gareca dirigiu a equipe em 5 destes jogos, com duas vitórias pela Copa do Brasil, sobre o Avaí.

O blog tentou um contato com a diretoria palmeirense, que não atendeu ou retornou as ligações.

 

Anúncios