Liga Europa: vem aí a fase final

Acabou a fase de grupos da Liga Europa! E o Terra exibiu todos os 144 jogos que definiram os 24 classificados em 12 grupos. A partir de agora, a competição entra em fase eliminatória, com as 32 equipes jogando em ida e volta até restarem dois para a decisão, dia 15 de maio de 2013, em Amsterdã, na Holanda.

Pera lá, eu disse 24 classificados e 32 equipes? Tá errado isso, não? Não. A Liga Europa ganha agora a participação dos 3os colocados da fase de grupos da Champions League, fortalecendo ainda mais a segunda principal competição de clubes do Mundo – números destacados em estudo da Pluri Consultoria, que você pode conferir aqui (a Libertadores, apesar da paixão, é apenas a 16a colocada no ranking). Entre eles, o atual campeão europeu, o Chelsea.

O sorteio, que terá transmissão do Terra no dia 20, definirá os 16 jogos. Os primeiros colocados na fase de grupos mais os 4 melhores terceiros da UCL ficarão em um pote; os segundos e os 4 restantes da UCL, em outro. Na definição dos jogos, por sorteio, duas restrições: não pode haver confrontos entre equipes do mesmo país, nem do mesmo grupo, ao menos nessa fase de 1/16 avos de final.

Eis os potes:

Pote 1: Liverpool, Viktoria Pilsen-RCH, Fenerbahçe, Bordeaux, Steaua Bucaresti-ROM, Dnipro-UCR, Genk-BEL, Rubin Kazan-RUS, Lyon, Lazio, Metalist-UCR, Hannover 96, Cluj-ROM, Chelsea, Olympiakos e Benfica.

Pote 2: Anzhi-RUS, Atlético de Madrid, Borussia Monchengladbach, Newcastle, Sttutgart, Napoli, Basel-SUI, Internazionale, Sparta Praga-RCH, Tottenham, Bayer Leverkusen, Levante-ESP, Dínamo Kiev, Zenit-RUS, Ajax e BATE Borisov-BLR.

Os clubes estão relacionados na ordem dos grupos da Liga Europa, com os remanescentes da UCL por último. Assim, você mesmo pode imaginar os possíveis confrontos, com a ressalva acima.

Grandes camisas e boas surpresas em campo. O melhor time da primeira fase da Liga Europa foi o francês Lyon, com 16 dos 18 pontos possíveis; da UCL, além do atual campeão Chelsea, o surpreendente Cluj também foi eliminado com 10 pontos – 2 a mais que o Milan, que seguiu na Champions, por exemplo. O atual campeão da Liga, Atlético de Madrid (foto), os fortes e tradicionais Liverpool, Tottenham, Napoli, Ajax, Benfica e Internazionale e os bons Zenit, Anzhi, Dnipro, Fenerbahçe e Bayer Leverkusen fecham o grupo dos que podem conquistar o título.

O Terra transmitirá todos dos jogos até a decisão, ao vivo pela internet. E o que é melhor, de graça. Acompanhe!

Que beleza de camisa! #2: Atlético de Madrid

Que tal levar uma dessas para os Colchoneros?

Terça-feira é dia de Que beleza de camisa aqui no blog! Hoje, quem ilustra o quadro é a bela Kelly Pedrita (siga: @kellypedrita), minha colega de Jogo Aberto Paraná. O time dela é o Atlético. Calma!, não é o time do coração dela (mistério que ninguém desvendou ainda) mas sim o time que ela encampa hoje: o Atlético de Madrid.

Que beleza de camisa!

#2 Club Atlético de Madrid S.A.D. (sociedad anônima deportiva)

Quem é? Tradicional clube espanhol, fundado em 26/04/1903.

Já ganhou o que? Campeão Mundial em 1974; Copa UEFA em 2009/10; 9x campeão espanhol.

Grande ídolo: Luis Aragonés, jogador nos anos 60/70 e técnico por diversas oportunidades. Com ele, venceu o Mundial Interclubes (técnico) e três títulos espanhóis (dois como jogador, um como técnico).

Apelido: Colchoneros (positivo) ou Índios (pejorativo)

Como anda? Comemorou recentemente a Copa UEFA, com o argentino Kun Aguero e o uruguaio Diego Forlán como destaque, mas perdeu as vagas na Champions League e na própria Copa UEFA ao ficar apenas em sétimo no nacional na temporada 2010/2011. Não vence o Campeonato Espanhol desde 1996.

Curiosidades: Foi fundado por torcedores do clube basco Athletic Bilbao, hoje um dos seus rivais, que residiam em Madrid. Mudou de nome três vezes: foi fundado como Athletic Club de Madrid; passou a se chamar Atlético Aviación de Madrid, durante o Governo Franco, que proibiu outra lingua que não o Castellano na Espanha; ao final do período franquista, em 1947, mudou o nome para Club Atlético de Madrid. É rival do Real Madrid, mas menos que o Barcelona, por conta também do período da Guerra Civil. Seu estádio é o Vicente Calderón, no bairro de Manzanares, local da classe operária madrilenha.

O Atlético de Madrid e o futebol paranaense: Em 1967 o Atlético de Madrid esteve no Couto Pereira, para um amistoso com o Coritiba. O time espanhol era o atual campeão de seu país e mesmo assim sucumbiu ao Coxa de Kruger e Walter: 3-2. A história desse jogo está bem contada nesse link, no ótimo blog do Luiz Carlos Betenheuser, que disponibilizou a foto dos ingressos daquele jogo: