Abrindo o Jogo – Coluna no Jornal Metro Curitiba de 21/12/2011

Just do it – but do it right*

O Coritiba e a Nike pediram um estudo de mercado para definir onde a empresa abrirá as duas lojas – além da que estará no Couto Pereira – com produtos do Coxa na nova parceria em material esportivo. A idéia é mapear a cidade para saber em que locais o Alviverde tem mais aceitação. O estudo foi encomendado à Paraná Pesquisas, que fez algo similar em 2008. Na época, o Coxa tinha maioria do torcida em bairros nas regiões 1 e 4 (denominadas pelo estudo), abragendo bairros como Ahú, Cabral, Juvevê, Abranches e Santa Cândida, por exemplo. (*O slogan da Nike, que diz algo como “apenas faça”; a coluna complementa dizendo: “mas faça certo”).

Há três anos…

A pesquisa em questão apresentou o Coritiba como o segundo time em preferência na Região Metropolitana de Curitiba, atrás do Atlético: 19,1% x 14,7%. Entre a dupla e o Paraná Clube, aparecia ainda o Corinthians – isso só contando RMC e capital. O Coritiba não confirmou se tornará o estudo público, com novos números.

Orçamento verde

R$ 72 milhões: o orçamento coxa-branca para 2012. O valor é previsto para a próxima temporada e pela primeira vez em muitos anos, entre verbas de TV, sócios e patrocínios, entre outros, o Coxa prevê superávit ao final da temporada. “Temos o 14º orçamento do Brasil”, diz Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do clube. O 13º?  “É de um clube da cidade, me parece”, contou, sem falar o nome do rival Atlético. Os 12 acima da dupla são os grandes do eixo RJ-SP-MG-RS; o Atlético não revelou previsão para a temporada, em meio a turbulência política.

Tiro certeiro

“Temos uma bala só. Não podemos errar”, disse Mário Celso Petraglia, pelo Twitter, sobre a contratação de um gestor de futebol para o clube. O nome da vez deixou o Vasco na noite da eleição de Petraglia e pode ser a grande tacada do já histórico dirigente em sua volta ao poder: é Rodrigo Caetano, 42 anos, que tirou o clube carioca da Série B há duas temporadas e ganhou a Copa do Brasil deste ano. Caetano pediu demissão e anunciou estar em férias até janeiro. Tem proposta do Fluminense, além do Furacão.

Efeito cascata?

A saída de Caetano pode refletir no Coxa: o Vasco já procurou o gestor alviverde, Felipe Ximenes, que está de férias. Além de Ximenes, os cariocas cogitam um ex-coxa-branca, que fez história no São Paulo FC: Marco Aurélio Cunha, hoje vereador em SP.

Carreto da linguiça

Giancarlo (em definitivo), Wellington e Serginho trocaram o Paraná pelo Bragantino para a disputa do Paulistão, uma vez que o Tricolor ainda briga para ter calendário de janeiro a maio (fora a Copa do Brasil) e a Série Prata local é menos atrativa que a elite paulista. Além da chance de enfrentar Corinthians e São Paulo (e não Cincão ou AGEX), o trio provará a iguaria de Bragança Paulista: sanduíches de lingüiça.

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s